Jó: Santificação através do sofrimento

Entendendo o sofrimento na vida do justo

Santificação através do sofrimento

Santificação através do sofrimento é o tema que John Piper trata em um sermão e que a Hermenêutica Particular disponibilizou, permitindo o download gratuito.

Inicia falando sobre como os amigos de Jó estavam errados, pois a argumentação deles era que  o sofrimento era, basicamente, a punição para o pecado e que a prosperidade é a recompensa para a justiça. Desse modo, todo aquele sofrimento que jó estava passando era em consequência de algum pecado cometido. Mas Jó se defende, afirmando que não cometeu um pecado para tamanho sofrimento. E, por isso, não se sabe ainda por qual motivo o justo sofre.

 Eliú entra em cena

Inegavelmente, Eliú trouxe um argumento diferente dos já ditos entre Jó e seus amigos. E é aqui que se vê que "o sofrimento do justo não é um sinal de inimizade de Deus, mas do seu amor. Não é um castigo dos seus pecados, mas um refinamento da sua justiça. Não é uma preparação para a destruição, mas uma proteção contra a destruição".

Ele afirma "que Deus não se apresenta para o justo como um juiz irritado, mas como um Redentor, um Salvador, um médico. A dor que Ele causa é como faca do cirurgião, não como o chicote do carrasco".

Santificação através do sofrimento

A santificação através do sofrimento se dá porque somos justos, mas ainda pecadores. Pois, de acordo com Piper: "Uma pessoa justa não significa que a pessoa está perfeita e sem pecado. Existe  justo que ainda comete pecado, ou seja, um ‘justo pecador'".

A justificação é um ato, mas a santificação é um ato e um processo. Isso porque já somos santos em Cristo, mas a santificação se dará de forma plena no grande Dia do Senhor. Até lá, Deus promete que todas as coisas cooperam para nos deixar mais parecidos com Cristo (Romanos 8.28-29).

E é assim que esse livreto finaliza. Ele traz a central lição que Deus governa o mundo e que tudo o que acontece tem um bom propósito. Desse modo, oremos para que Deus nos ajude a confiar e descansar nEle; sentido-O de perto em meio às aflições desta vida. Tenhamos bom ânimo, pois o Senhor reina.

Gostou do nosso blog? Dá uma olhada também no nosso instagram!

Santificação através do sofrimento

Trecho:

"Assim, a principal lição para nós a partir do livro de Jó é que hoje os filhos de Deus
aqueles que confiam em Deus e são conduzidos por seu Espírito e tem seus pecados
cobertos pelo sangue de Jesus, podem de fato sofrer. E quando o fazem, não é um
castigo pelo pecado. Cristo sofreu o castigo por nossos pecados, e não há dupla
penalização!
O sofrimento dos filhos de Deus não é a aplicação firme de um princípio de justiça
retributiva. É a aplicação livre do princípio da graça soberana. Nosso Pai do céu nos
escolheu livremente desde antes da fundação do mundo, ele nos regenerou livremente
pela obra do Espírito Santo, ele nos justificou gratuitamente através do dom da fé
salvadora, e ele está agora santificando-nos livremente pela sua graça, através
do sofrimento de acordo com sua infinita sabedoria".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.